NOSSO DEUS E SALVADOR

InforMissões 1191

NOSSO DEUS E SALVADOR

“Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça   do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor;”- 2 Pedro 1:1,2

A vida cristã autêntica começa quando depositamos a nossa fé em Jesus, o filho de Deus, o Salvador.

Lembro-me de quando era adolescente, iniciando os meus primeiros passos na vida cristã, que uma das coisas que  achava mais bonita na Igreja Batista de Caxias, no Maranhão, era as palavras douradas escritas na parede: “Só Jesus Cristo Salva”.

Que tremenda verdade! Essas palavras eram vistas logo ao entrarmos na igreja. Uma declaração que não havia como ser ignorada.

Salvador é “alguém que oferece salvação”, e esse termo salvação era conhecido pelo povo.

Significava “livramento das dificuldades” e, mais especificamente, “livramento das mãos do inimigo”.

Agora de que o homem precisa ser salvo?
A Palavra de Deus afirma claramente que todos somos pecadores: “Como está escrito:Não há um justo, nem um  equer.”- Romanos 3:10

E somente Jesus pode salvar o perdido pecador. “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em eu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo”. – Romanos 10:9

Jesus é, de fato, o Médico dos  médicos, que livra o coração da enfermidade do pecado. É o Conquistador  vitorioso, que derrotou  nossos inimigos – o pecado, a morte, Satanás e o inferno – e que nos conduz em triunfo.

Pedro vai afirmar isso três vezes em sua segunda epístola (não havia qualquer dúvida por sua parte e de seus leitores): Ele é “nosso Deus e Salvador” (2 Pe 1:1); “nosso Senhor e Salvador” (2 Pe 1:11) e “Senhor e Salvador” (2 Pe 2:20).

E pra você, quem é Jesus?

LEITURA BÍBLICA ANUAL E SISTEMÁTICA – JOSUÉ 22:1 A 9

 

PARECE, MAS NÃO É!

“E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão  encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina  perdição”. – 2 Pedro 2:1

Hoje uma área do comércio que mais vende é o da falsificação.
Isso mesmo! O que mais encontramos hoje em dia são produtos falsificados; e de uma falsificação tal que parecem  verdadeiros, MAS NÃO SÃO!
Entretanto as falsificações não são novidade.
Satanás é o “grande imitador” (2 Co 11:13-15) e vem trabalhando com afinco desde que enganou Eva no jardim (2 Co  11:1-4).
O inimigo tem cristãos falsos (Mt 13:38), um falso evangelho (Gl 1:6-9) e até uma falsa justiça (Rm 9:30 -10:4). Um  dia, apresentará ao mundo um falso Cristo (2 Ts 2).
Em várias ocasiões, a nação de Israel desviou-se da verdade por dar ouvidos a falsos profetas.
Tanto Jeremias quanto Ezequiel denunciaram esse ministério não verdadeiro, mas, ainda assim, o povo escolheu  seguir os impostores, pois a religião dos falsos profetas era simples, confortável e fácil de aceitar.
Pedro alerta aqueles irmãos sobre esse perigo iminente que se introduziria dentro das Igrejas.
Em geral aqueles que querem um “evangelho adocicado” são os principais alvos desses enganadores.
Que tipo de evangelho você quer ouvir? Tenha cuidado, não dê ouvidos a falsos ensinos!
Amém!

Leia integral em PDF click aqui

Poste um comentário

Imprima seu bilhetes